A SEGUNDA BESTA

PORÇÃO 03
Fonte: PERGAMINHO DE YEHOSHU’
Jun./ago.
TEMA A SEGUNDA BESTA
Leitura: Apoc. 13:11-18
11 E vi subir da terra outra besta, e tinha dois chifres, semelhante aos de um cordeiro; e falava como dragão. 12 Também exercia toda autoridade da primeira besta na sua presença; e fazia que a terra e os que nela habitavam adorassem a primeira besta,cuja ferida mortal fora curada. 13 E operava grandes sinais, de maneira que fazia até descer fogo do céu a terra à vista dos homens; 14 e, por meio dos sinais que lhes foi permitido fazer na presença da besta, enganava os que habitavam sobre a terra e lhes dizia que fizessem uma imagem à besta que recebera a ferida da espada e vivia. 15 Foi-lhe concedido também dar fôlego à imagem da besta, para que a imagem da besta falasse,e fizesse que fossem mortos todos que não adorasse a imagem da besta.16 E fez que á todos;pequenos e grandes, ricos e pobres,livres e escravos, lhes fosse posto um sinal na mão direita ou na fronte, 17 para que ninguém pudesse comprar ou vender, senão aquele que tivesse o sinal,ou o número da besta,ou o número do seu nome. 18 Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento calcule o número da besta; porque é o número de um homem, e o seu número é seiscentos e sessenta e seis.
COMENTÁRIO
O Apocalipse de Y’ochanan, é um pergaminho cujas citações e profecias, estão sempre; apresentados em simbolismos ou águas borbulhantes. Y’ochanan, falou do surgimento da primeira e da segunda besta; a primeira, como subindo do mar isto é: do poder político. Esta profecia cumpriu-se no concílio de Nicéia, quando no dia 20 de junho de 325, sob decreto e presidência do imperador Constantino I, para adoração, veneração e culto a Yesvs (Zeus), foi levantada a Igreja Católica Apostólica Romana; a qual; é profeticamente a grande prostituta por ser formada pelos que se apostataram do povo chamado do caminho; Y’ochanan, falou da ferida mortal que esta igreja, deveria sofrer; isto aconteceu no século XVI, na França,quando o imperador Calos V, prendeu o papa Clemente VII. Neste ínterim, como profetizou Y’ochanan, surge da terra, a segunda besta; desta forma: dentre o povo, se levantaram: Lutero, Calvino e Pierre de Lá Ramée, sendo que este último com a sua taxionomia na gramática do Latim; mudou o som de algumas letras e criou a segunda besta, desta forma, de Iesvs; virou Jesus; e deu-lhe o sobrenome de Cristo; da primeira besta, Christvs Fiili Dei. Calvino Lutero e Pierre; são dos dez chifres, e odiaram a Igreja Romana, e tornaram-na nua e desqualificada, ao condenarem os seus dogmas e doutrinas, e criarem o sistema chamado evangélico; desta forma, como disse Y’ochanan, comeram as carnes da igreja romana, e deram ao nome Jesus, toda autoridade e poder como era antes: IESVS CHRITVS FIILI DEI; 666.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s