MÃE

MÃE
Mãe tu eis fonte escolhida, para jorrar a vida, eu nasci de você;
mãe mesmo fraca ou forte como a guia do norte, me ensinas viver;
Mãe assim como a abelha ama a flor da roseira, eu amo você. Aceite esta flor tão singela, mas a primavera pertence a você.
MAXIMA E POESIAS pág. 80 BISPO SIMPLÍCIO DA SILVA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s