PORÇÃO 52

PORÇÃO 52
Out./dez.012
Fonte: Porção Sabatina Volume 1
Tema: OS ANJOS QUE PECARAM
Leitura: Hanoch 27:
Depois disto ele deu-me as marcas características de todas as coisas secretas do livro do meu bisavô Hanoch, e nas parábolas que haviam sido dadas a ele; inserindo-as para mim entre as parábolas do livro das parábolas. 2 Naquele momento o santo Miguel respondeu e disse a Rafael: O poder do espírito precipita-me daqui e impele-me para fora. 3 A severidade do julgamento, do secreto julgamento dos anjos, quem é capaz de observar a resistência daquele severo julgamento que aconteceu e se tornou permanente sem ser dissolvido no seu lugar? 4 Novamente o santo Miguel respondeu e disse ao santo Rafael: Quem está lá, cujo coração não se abrandou por isto, e cujo rins não se afligiram com esta coisa? 5 Julgamento saiu contra eles por aqueles que assim arrastaram-nos para fora; e que se foram, quando eles estavam na presença do Senhor dos espíritos. 6 De igual maneira o santo Rakael disse a Rafael: Eles não estarão diante do olho do Senhor já que o Senhor dos espírito foi ofendido por eles, pois como senhores eles têm-se conduzido. 7 Portanto Ele traz sobre eles um secreto julgamento para sempre e sempre. 8 Pois nem o anjo, nem o homem recebe uma porção dele, mas eles só receberão seu próprio julgamento para sempre e sempre. 9 Depois deste julgamento eles estarão assombrados e irritados, pois serão exibidos aos habitantes da terra. 10 Eis os nomes destes anjos. Estes são seus nomes: O primeiro deles é Samyaza; o segundo é Arstikapha; o terceiro é Armen; o quarto, Kakabael; o quinto, Turel; o sexto, Rumyel; o sétimo, Danyal; o oitavo, Kael; o nono, Braquel; o décimo, Azazel; 11 o décimo primeiro, Armers; o décimo segundo Bataryal; o décimo terceiro Basasael; o décimo quarto Ananel; o décimo quinto Turial; o décimo sexto Simapsiseel; o décimo sétimo Yetarel; 12 o décimo oitavo, Tumael; o décimo nono Tarel; o vigésimo, Rumel; o vigésimo primeiro Azazyel. 13 Estes são os principais (chefes) dos anjos, dos líderes de suas centenas, e seus líderes de cinqüenta, e os líderes de suas dezenas. 14 O nome do primeiro é Yekun, ele foi quem seduziu todos os filhos dos santos anjos e fez com que descessem à terra, conduzindo desencaminhadamente a descendência dos homens. 15 O nome do segundo é kesabel,, o qual apontou mau conselho aos filhos dos santos anjos e conduziu-os a corromperem seus corpos gerando humanos.16 O nome do terceiro é Gadrel: Ele descobriu todo golpe de morte aos filhos dos homens. Ele seduziu Hava e descobriu aos filhos dos homens os instrumentos de morte, o casaco de malha, o escudo, e a espada para a matança; todo instrumento de morte para os filhos dos homens. 17 Estas coisas derivam de suas mãos para os que habitam sobre a terra daquele período para sempre. 18 O nome do quarto é Penemue: ele descobriu aos filhos dos homens o amargor e a doçura, e mostrou a ele todo segredo de sua sabedoria. 19 Ele ensinou aos homens a entenderem o escrito e o uso de tinta e papel. 20 Portanto, numerosos tem sido aqueles que têm se extraviado em todo o período do mundo, mesmo até este dia. 21 Os homens não nasceram para isto, assim com pena e tinta, para confirmar a sua fé. 22 Desde então eles não criaram, exceto que, como os anjos, eles podem permanecer retos e puros. 23 Nem poderiam morrer, o que destrói tudo, tem afetado-os; mas por esse seu conhecimento eles perecem e também seu poder os consome. 24 O nome do quinto é Kasyade: ele descobriu aos filhos dos homens todo iníquo golpe de espíritos e de demônios: o golpe do embrião no ventre, para diminuí-lo; o golpe do espírito pela mordida da serpente, e o golpe que é dado ao meio dia pelo filho da serpente, cujo nome é Tabaet. 25 Este é o número de Kasbel; a parte principal do juramento que o Altíssimo, habitando em glória, revelou aos santos. 26 O seu nome é Beka. Ele falou ao santo Miguel para que revelasse a eles o nome sagrado para que eles pudessem entender o sagrado nome e assim lembrar-se do juramento; e para que aqueles que apontaram toda coisa secreta aos filhos dos homens possam temer sob aquele nome e juramento. 27 Este é o poder do juramento; pois poderoso ele é,e forte. E estabelecido este juramento de Akae pela instrumentalidade do santo Miguel. 28 Estes são os segredos deste juramento, e por ele eles foram confirmados. 29 Os céus estiveram em suspenso por ele antes que o mundo fosse feito, para sempre. 30 Por ele a terra foi inundada no dilúvio enquanto das partes escondidas dos montes as águas agitadas as águas saíram desde a criação até o fim do mundo. 31 Por este juramento o mar foi formado e a sua fundação. 32 Durante o período desta fúria ele estabeleceu a areia contra ele, a qual continua imutável para sempre, e por este juramento o abismo foi feito forte; e não é removível de sua estação para sempre e sempre. 33 Por este juramento o sol e a lua completam seu progresso nunca se desviando do comando que lhes foi dado para sempre e sempre. 34 Por este juramento as estrelas completam seu progresso, e quando seus nomes forem chamados eles retornarão em resposta, para sempre e sempre. 35 Então nos céus tomam lugar os sopros dos ventos: todos eles têm respiração e efetuam uma completa combinação de respirações. 36 Ali os tesouros do trovão são mantidos e o esplendor do relâmpago. 37 Ali são guardados os tesouros do granizo e da neblina, os tesouros da neve, os tesouros da chuva e do orvalho. 38 Todos estes confessam e louvam diante do Senhor dos espíritos. 39 Eles glorificam com todo seu poder de súplica; e ele, o sustem em todo aquele ato de agradecimento enquanto eles louvam, glorifica, e exaltam o nome do Senhor dos espíritos para sempre e sempre. 40 E com eles ele estabelece este juramento, pelo qual eles e seus caminhos são preservados, e seus progressos não perecem. 41 Grande foi a sua glória. 42 Eles abençoaram, glorificaram, e exaltaram porque o nome do Filho do homem lhes foi revelado. 42 Ele assentou-se sobre o trono de Sua glória, e a parte principal do julgamento foi designada e Ele, o Filho do homem. 43 Os pecadores perecerão e desaparecerão da face da terra, enquanto aqueles que os seduziram serão amarrados com corretes para sempre. 44 De acordo com seus graus de corrupção eles são aprisionados, e todas as suas obras desaparecerão da face da terra; desde então ali não haverá ninguém para corromper, pois o Filho do homem foi visto sobre o trono de sua glória. 45 Toda iniqüidade desaparecerá e se apartará de diante de Sua face; a palavra do Filho do homem se tornará poderosa na presença do Senhor dos espíritos. 46 Esta é a terceira parábola de Hanoch.
COMENTÁRIO
Noach é bisneto de Hanoch o sétimo depois de Adom. Noach recebeu por revelação as palavras das parábolas do seu bisavô, as quais lhes foram dadas pelas mãos de santos anjos; Hanoch as escreveu.
Nesta porção, meditamos sobre o momento que, foram julgados os anjos que pecaram deixando a sua habitação ou corpo anjelical tornando-se homem. (confira: Yehuda 14 Gên.¨:1,2)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s